Mais de 2,5 mil pessoas prestigiam o Let’s Go Festival

Mais de 2,5 mil pessoas prestigiam o Let’s Go Festival

Mais de 2,5 mil pessoas prestigiam o Let’s Go Festival

Publicado em: 06 de setembro de 2019
Educação

Festival aconteceu durante dois dias e trouxe palestrantes de diversas partes do mundo para falar sobre ensino disruptivo

Nos últimos dias 3 e 4 de setembro, Curitiba foi sede da segunda edição do maior Festival de educação da América Latina – o Let’s Go Festival. Realizado no Campus da Indústria, na FIEP, o festival reuniu grandes nomes de educação e tecnologia para falar sobre métodos inovadores de ensino aos mais de dois mil e quinhentos participantes que passaram pelo local.

Uma das atrações mais esperadas era o criador do próprio braço de LEGO®, o andorrano David Aguillar, que contou ao público como fez sua primeira prótese aos nove anos de idade. Mais tarde ele aprimorou o resultado se tornando inspiração para pessoas do mundo inteiro, sendo que, no evento, Aguillar emocionou o público ao mostrar os quatro modelos já criados por ele. A emoção e admiração também tomaram conta do palco na palestra da Coordenadora da Revisão Braille, Regina Fátima Caldeira de Oliveira, que é deficiente visual e, ao passar por dificuldades de inclusão, procurou encontrar soluções para quem vive o mesmo problema. Um dos meios encontrados foi a ferramenta LEGO® Braille Bricks, que são peças de LEGO® em braile que auxiliam na alfabetização de crianças e adultos cegos, ajudando-os a serem inseridos com mais humanização e eficácia na sociedade.

Além desses temas, outros assuntos também foram bastante abordados, por exemplo, como aliar tecnologia e métodos inovadores em sala de aula com o intuito de utilizá-los fora dela. Esse é o caso da palestra de Richard Turere, que com apenas 13 anos criou o Lion Lights, sistema movido a energia solar que ajudou a salvar o rebanho de sua fazenda do ataque de leões, na comunidade em que vive, no Quênia. Depois do sucesso alcançado com a invenção, outras comunidades adotaram o sistema.

A metodologia apresentada pelos palestrantes Fabio Flandoli e Valéria Lopes Teixeira também deixa claro que utilizar inovação como uma vertente do ensino ajuda jovens e adolescentes a saírem do ensino médio com uma mente inovadora para atuarem no mercado de trabalho. O método é baseado em 3Ps – Projeto de Vida, Protagonismo e Profissão.

Álvaro Cruz, um dos curadores do evento, afirma que metodologias como as que estão sendo expostas são um caminho mais atrativo para tornar a educação algo apaixonante e realmente estimulante aos alunos e professores. “O Let’s Go Festival tem o objetivo de apresentar novas maneiras de dar aula ao corpo docente, assim como criar um ambiente de networking em que todos possam trocar experiências e conversar sobre a aplicabilidade de suas invenções. E isso em todas as áreas, pois falamos de matemática, ciências, engenharia, línguas, história e muito mais. Esse método disruptivo, que chamamos de ‘descongresso’, é justamente para explanarmos e mostrarmos que, sim, a educação não deve ser aplicada apenas de forma tradicional, mas contar com a coparticipação de alunos e professores para algo mais moderno e eficaz, que saia da sala de aula para transformar o mundo”, completa.

Todd Ensign, Diretor do Centro de Recursos de Educadores da NASA, também participou do evento e foi um dos palestrantes mais aguardados pelo público que ansiava saber sobre inovação e robótica. Dentre os assuntos que abordou, Ensign focou, principalmente, em ferramentas que os professores podem usar para prender a atenção dos alunos em sala de aula, transformando a escola e a sociedade em ambientes cada vez mais conectados, tecnológicos e digitais. Na NASA, o profissional desenvolve softwares para as missões da agência espacial americana, mas também atua como professor da Fairmount Station University, nos Estados Unidos.

Let’s Go Festival em números

Além dos participantes que vieram de 20 estados brasileiros e respiraram inovação e tecnologia nesses dois dias, o festival também contou com a presença de 300 palestrantes de seis nacionalidades da América, Europa e África, que se dividiram em workshops, palco principal e stands.

Parcerias

O Let’s Go Festival teve realização da HUB Educacional e contou com o patrocínio da Cruzeiro do Sul Virtual, Virtual Educa, Microsoft, LEGO® Education, BBC Micro:bit e Positivo Tecnologia Educacional. O Sistema FIEP foi apoiador do evento e a produção ficou a cargo da Be Seven.  

Bg